América do Sul, Atibaia, Brasil, Brasil, Destinos, São Paulo

Pedra Grande de Atibaia: tudo sobre a trilha!

Situada em Atibaia, interior de São Paulo, a Pedra Grande é bem famosa entre os trilheiros. É um ótimo destino de fim de semana para os que querem fugir da Selva de Pedra e matar a saudade da natureza, já que conta com vistas maravilhosas e algumas opções de esportes de aventura, como escalada, vôo de paraglider, parapente, voo livre e rappel, além da boa e velha caminhada.

A Pedra Grande é uma formação rochosa (monolito) de 1450 metros de altura e 200 mil m² de superfície e fica a 65km de São Paulo, pouco mais de uma hora de viagem. Dá para subir a pedra de carro, mas a gente é roots, né? A trilha de subida é bastante íngreme, mas apresenta alguns trechos mais tranquilos. Existem três caminhos de subida, cada um com seu grau de dificuldade, mas a visão final compensa todo o trabalho.

Curiosidades

Pedra Grande de Atibaia 2
A visão de Pedra Grande para a Pedra Rachada (no topo)

Segundo pesquisas, a formação da Pedra Grande aconteceu há 600 milhões de anos e ela já está a 30km abaixo do nível do mar. A formação rochosa é resultado dos movimentos tectônicos na Era Mezozoica e se encontra dentro do atual território do Parque Estadual do Itapetinga. A Pedra é tombada como Patrimônio Paisagístico e esse foi o primeiro tombamento do tipo no Brasil, significando a importância de preservar este “acidente geográfico”. É possível vê-la de qualquer ponto de Atibaia.

Como chegar

De ônibus: De São Paulo, o ônibus da Viação Atibaia sai do Tietê e o valor da passagem é R$ 18,30. Já na cidade, toma-se o ônibus Águas Espraiadas no terminal urbano ao lado da rodoviária.
De carro: Saindo de São Paulo, siga pela Rodovia Fernão Dias até a cidade de Atibaia. São cerca de 70km e há um pedágio de R$2,10.

Para chegar às trilhas para a Pedra, passa-se por dentro do Condomínio Arco-Íris (no GPS: rua Comendador Jácomo Antônio Lã Selva), cuja portaria fica atrás da pista de pouso dos voos. 

Na portaria do condomínio você informa que vai fazer a trilha e eles indicam o caminho. No início da estradinha de terra ficam os carros de quem sobe a Pedra a pé: ali é onde as trilhas começam. Dá para fazer a subida de carro, também pela Fernão Dias. Basta pegar um trecho da Rodovia Dom Pedro I e uma estradinha de terra logo em seguida. Há bastante placas indicando o local e no alto da pedra tem lugares para estacionar.

As trilhas

Pedra Grande de Atibaia 3
Subida da Pedra Grande para a Pedra Rachada

Existem, efetivamente, 3 trilhas para subir a Pedra Grande, todas saindo do mesmo ponto:
– Trilha da Minha Deusa, de 2,5 km (grau de dificuldade médio), começa ao meio;
– Trilha da Mangueira, de 2,9 km (grau de dificuldade difícil), começa à esquerda;
– Trilha dos Monges, de 2,7 km (grau de dificuldade difícil), começa à direita.

Trilha da Minha Deusa: Das três trilhas, essa é a mais fácil (foi a que fiz). No início, tem uma pequena subida e as enormes pedras já aparecem. Devido à exposição ao sol, algumas paradas são requeridas para hidratação. Com uns 40 minutos de trilha, chega-se ao riacho de água bem gelada (e potável). Daí pra frente, a subida fica ainda mais íngreme e mais difícil: é onde as três trilhas se juntam. Muitas erosões no solo, muitos mirantes com vistas de tirar o fôlego. A trilha é realmente cansativa, mas a sensação de missão cumprida ao atingir o topo faz com que todas as dificuldades pareçam insignificantes. Na descida, pela mesma trilha, o sol parece queimar ainda mais. É preciso cuidado redobrado, devido à pouca aderência do solo (muito escorregadio!).

A trilha da Mangueira e a dos Monges são as mais difíceis e mais bonitas. Estão tomadas pelo mato e suas subidas são bem complicadas. As vistas, no entanto, são de tirar o fôlego. Faça-as apenas se dispor de muito preparo físico e conhecimentos em trekking. O chão escorregadio e a subida íngreme tornam estas duas trilhas muito técnicas. Cuidado, sempre!

A vista

Algumas das fotos que tirei:

Pedra Grande de Atibaia 4

Pedra Grande de Atibaia 5

Pedra Grande de Atibaia 6

Pedra Grande de Atibaia 7
No topo do topo

Lembretes para Pedra Grande de Atibaia

Como em todas as trilhas, é importante lembrar-se de levar algumas coisas de utilidade certa, como por exemplo: água, lanche leve (sanduíches, frutas, barras de cereal), protetor solar, óculos de sol, boné, repelente e papel higiênico.

É recomendado levar mochila sim, já que dessa forma você deixa suas mãos livres, mas faça o possível para que ela seja leve.

 

E você, já subiu a Pedra Grande? Tem vontade de subir? Contra pra mim nos comentários!

Beijo!

Vitória Cabral

Adepta da mochila e da liberdade simplesmente porque viajar é muito mais que algo para se fazer nas férias. Viajar é vivência, experiência, cultura e estilo de vida.

More Posts - Website

2 thoughts on “Pedra Grande de Atibaia: tudo sobre a trilha!

  1. Olá! Vc diz que a Minha Deusa começa à esquerda…mas em todas as fotos com a placa de indicação das trilhas, a Minha Deusa é a do meio. Será que você se confundiu?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *